quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Agente penitenciário morre com tiro ao ver "Tropa de Elite"

O agente penitenciário Ivson Correia de Oliveira Santos, 39, morreu na noite de segunda-feira (15) com um tiro no peito durante exibição do filme "Tropa de Elite", em um cinema do shopping Tacaruna, em Recife (PE). A Polícia Civil suspeita que tenha sido suicídio.

O incidente ocorreu no final da sessão, por volta das 19h (20h em Brasília). Santos estava sozinho, sentado na última fila, em poltrona ao lado do corredor. A sala estava quase lotada, com cerca de 180 pessoas. As luzes estavam apagadas quando o agente foi baleado.

Houve pânico, gritos e correria após o tiro, mas não houve outros feridos. Uma enfermeira que também assistia ao filme socorreu Santos. Levado ao Hospital da Restauração, morreu às 23h15 (0h15 em Brasília).

A Polícia Militar isolou a área. Peritos do IC (Instituto de Criminalística) encontraram na sala de exibição uma pistola calibre 380 com 14 cartuchos intactos e um deflagrado, além de uma bala intacta jogada no chão, perto da poltrona que era ocupada por Santos.

Segundo o diretor do IC, Edson da Costa Lira, a arma pertencia ao agente penitenciário. Ele tinha autorização federal para portá-la. Exames encontraram vestígios de pólvora em sua mão direita. A vítima, supõem os peritos, teria apontado a pistola em direção ao peito e disparado com o dedo polegar.

A polícia suspeita que Santos estivesse deprimido desde que fora investigado em sindicância interna por suposta participação em um esquema de facilitação de entrada de drogas no presídio de Igarassu (40 km de Recife), onde trabalhou.

Apesar de não ter sido indiciado por falta de provas, o agente penitenciário, que era casado e tinha um filho, foi transferido há dois meses para o centro de triagem de Abreu e Lima (35 km de Recife).

O laudo final do IC deverá ficar pronto em dez dias. Para o diretor do instituto, "não há evidências de homicídio ou acidente no caso". Sobre a morte ter ocorrido durante a exibição do filme, Lira falou: "Não acho que o filme influenciou, porque já passaram outras produções muito mais violentas e ninguém se matou por isso".

O corpo do agente penitenciário foi enterrado ontem, em Paulista (30 km de Recife). A família dele não se manifestou. A UCI Ribeiro Tacaruna, que opera os cinemas do shopping, afirmou que "prestou atendimento imediato" a Santos.

(Texto da Folha)



Ok...
Quando tava na época do filme Paixão de Cristo, um Padre morreu ao assistir o longa.
Agora, o agente penitenciário é assassinado durante a exibição de Tropa de Elite.
QUANDO VÃO FAZER UM FILME SOBRE OS POLÍTICOS BRASILEIROS, HEIN?

----------------
Now playing: Sondre Lerche - 01- Dead Passengers
via FoxyTunes

2 comentários:

Carlos disse...

Oi Raquel..

Vi seu blog no lance da galera que se inscreveu pra participar das oficinas do TEIA. Espero que a gente consiga participar e assim possa se conhecer.
Vim aqui pra conhecer seu blog e divulgar o meu:

carlosamarelo.blogspot.com

Vamos nos falando, sou de São Paulo e faço várias artes, sou músico essencialmente.. e mais várias coisas.. Beijo!!

CarlosCarlos

Lucas Vareto disse...

Boooa xu!!
Muito boa mesmo!
Teve a maaanha...rs
bjo